quarta-feira, 5 de outubro de 2011

Terror, poesia e filosofia na 57ª Feira do Livro de Porto Alegre


No dia 12 de Novembro de 2011, às 19h30min, na Praça Central, ocorrerá a sessão de autógrafos de um livro de minha autoria, intitulado Fim de Toda Existência – Prelúdio do Fim & Outros Escritos (236 pág. – editora Alternativa), o qual traz os extremos do terror e da fantasia, em histórias singulares e perturbadoras. Beleza e destruição, vida e morte jamais tão contantes... tão unidas. São os conceitos paradoxais, assim como o enredo abstrato, que dão vida a esta nefasta “pintura”. Outros grandes atrativos do livro são a sua refinada linguagem, puramente poética, e os temas filosóficos nele empregados.
Ao todo, doze escritos compõem a obra: Prelúdio do Fim (Romance), Poente da Eternidade (Conto), Bétula (Romance); as poesias Musa Empírea, Exéquias da Esperança, Sabedoria, Perfeição, Canção às Convenções e o épico erótico Por Tempo Tanto; e as crônicas A Nossa Glória dos Outros e Tudo é Grêmio e Inter, tudo é Big Brother! Além destes trabalhos, apresento também a e a minha versão do poema célebre O Tigre, de William Blake.



SINOPSE DA CONTRACAPA:

"Pessoas, vidas, universos, toda a existência em sua mais bela significância consumida pelo nefasto fim. Numa manhã tempestiva, enquanto aproveitava os insubstituíveis encantos da infância, Isabel foi surpreendida por uma horrenda aparição infiltrando-se em seu jardim particular. Tal visita marcaria o limiar de uma perseguição que transpassaria as barreiras da realidade. Pureza convertida em trevas. Mundos mortos. A partir daquele fúnebre dia de sombras, sonhos terríveis e ameaçadores presságios começaram a se manifestar ao caminhar do tempo. Do apogeu ao declínio: famílias em pedaços, vítimas do emergente Apocalipse. Corpos e matérias tomados em repugnantes mutações; logo, as ruínas de um paraíso morto tornar-se-ão espelhos do mundo. Por enquanto, será este apenas o prelúdio".

 


ORELHAS DO LIVRO:



“… Logo, as lágrimas cessariam por completo. Uma fenda se abriu no céu, projetada na forma de um vórtice, possibilitando a humanidade ver o universo em uma janela; uma última visão…”

Potestades e assombrações; sonhos e infernos. Influenciado pelos supra-sumos da literatura em gêneros distintos, o autor demonstra, num estilo e linguagem díspares, seu talento em arrebatar os leitores com a criação e desconstrução de seus sombrios universos, enquanto os faz refletir em um turbilhão de questões existenciais, mediante sua forma abstrata e paradoxal de expor seus pensamentos. Ao todo, onze escritos compõem este volume, entre prosas e poesias, a começar pelo romance Prelúdio do Fim, que marca o início da apocalíptica série Fim de Toda a Existência, na qual, apesar do fabuloso pano de fundo, traz à tona os medos latentes da humanidade, abarcando torvos desejos que nela se mascaram. Contudo, excedendo a crescente intensidade do sobrenatural e do terror, a obra contém uma singular beleza, ora obscura, ora divinal, presente em vários fragmentos e aspectos.
Nestas páginas, a dualidade “vida e morte” é abordada de maneira extremamente intensa e constante. Com certeza, Fim de Toda Existência – Prelúdio do Fim & Outros Escritos é um livro incomum e arrebatador, feito por um grande apreciador da arte àqueles que possuem imaginação artística. 

2 comentários:

  1. Já tive a oportunidade de ler alguns trabalhos deste escritor, posso dizer que suas obras prendem o leitor do início ao fim. Através de suas poesias, percebemos o quão rico é seu acervo, a precupação em escrever algo que possua uma beleza linguística e com conteúdo, demonstram sua capacidade de imbuir-se de critérios para compor seus escritos e valorizar o leitor.

    ResponderExcluir
  2. Este livro é maravilhoso!
    Estou muito feliz que esteja publicando o seu livro Marcelo. Certamente, comparecerei a sua noite de autógrafos.

    ResponderExcluir